As vendas no Varejo brasileiro registraram crescimento de 5,2% no mês de julho em relação ao mês anterior, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. É a terceira alta seguida do setor, que já havia apresentado alta recorde de 13,3% em maio e de 8,5% em junho. Os resultados positivos surpreendem positivamente até mesmo as projeções dos analistas e indicam que o mau momento do setor devido à pandemia do novo coronavírus ficou mesmo para trás.

De todas as efemérides comerciais, acredito que o Dia do Cliente seja uma das mais importantes. Criada em 2003, no Rio Grande do Sul, como uma oportunidade para potencializar os negócios e para fomentar a relação de fidelidade entre consumidores e comerciantes, a data ganha uma conotação diferente em meio à pandemia da Covid-19. A minha reflexão é que diante de relações de consumo alteradas, naturalmente existe um impacto considerável na forma que devemos vivenciar esse dia. No calendário do comércio, 15 de setembro é a ocasião para enviar um brinde ao cliente, criar condições diferenciadas de pagamento, surpreender com mimos criativos. Em 2020, não preciso nem dizer que o clima pede outro tipo de atitude! E, o que seria adequado? Humanização das relações de consumo!  

O SPC Brasil realiza no dia 16 de setembro a live “Pós-pandemia: adapte sua vida e seu negócio ao novo mundo”. O evento faz parte do projeto “Juntos Pelo Brasil”, uma iniciativa do SPC Brasil com o objetivo de apoiar o desenvolvimento do empresariado brasileiro neste momento de crise e pandemia. O presidente do SPC Brasil, Roque Pelizzaro Jr, receberá o convidado Ricardo Guimarães, presidente da Thymus, consultoria estratégica que aborda cultura, negócios e marca corporativa de maneira integrada para as empresas darem respostas consistentes ao cenário de incerteza impactado pela transformação digital.

A pandemia provocou o maior crescimento do e-commerce dos últimos 20 anos. De acordo com relatório da Ebit|Nielsen, o faturamento com as vendas online cresceu 47% nos primeiros seis meses de 2020. Com 7,3 milhões de novos consumidores no período, o setor chega à marca de 41 milhões de usuários ativos. Nesse cenário as lojas físicas voltam a reabrir e, para conquistar bom desempenho nas vendas deste canal, as empresas precisam estar muito bem preparadas – principalmente a equipe de vendas.

O mundo virtual tomou conta da vida das pessoas. As mídias sociais, mais do que nunca, fazem parte das relações pessoais e profissionais. Facebook, Instagram, WhatsApp e tantas outras redes populares que estão no nosso dia a dia exercem uma função imprescindível na forma de se comunicar. E é claro… em um cenário de associativismo, elas exercem com maestria o papel de construir e estreitar relacionamentos entre entidades, associados e consumidores.

Subcategorias