O Governo Federal publicou na noite desta quinta-feira (18/3) a Medida Provisória (MP) 10039/2021, que institui o Auxílio Emergencial 2021 para o enfrentamento da crise do coronavírus (covid-19). O novo benefício, de acordo com a MP, terá valor médio de R$ 250, pagos em quatro parcelas mensais a partir de abril. A MP ainda será regulamentada por ato do Poder Executivo federal a ser publicado.

Estamos vivendo uma fase crítica da pandemia que motivou novos decretos, como o lockdown e o toque de recolher. Nós, da Câmara de Dirigentes Lojista do Distrito Federal (CDL-DF), reforçamos a preocupação com o comércio fechado e buscamos soluções que possam amparar os lojistas.

Para tentar minimizar os efeitos da pandemia sobre o comércio do Distrito Federal, que enfrenta novo lockdown, a Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF), participou de reunião com Ibaneis Rocha nesta sexta-feira (12). Outras entidades e representantes do BRB também estiveram presentes.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, participou da primeira reunião da Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa em 2021, realizada nesta quinta-feira (11/3), por meio de videoconferência. Na ocasião, o ministro reconheceu a importância dos microempreendedores individuais e das empresas de micro e pequeno porte para a economia brasileira, sobretudo neste período de crise em decorrência da Covid-19.

O presidente Jair Bolsonaro assinou hoje (10), em cerimônia no Palácio do Planalto, o Projeto de Lei (PL) 534/2021, que autoriza estados, municípios e o setor privado a comprarem vacinas contra a covid-19 com registro ou autorização temporária de uso no Brasil. O texto é de autoria do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e teve sua tramitação concluída pelo Congresso Nacional na semana passada.