Decoração cor de rosa e distribuição de flores ainda fazem parte das homenagens do comércio ao Dia Internacional da Mulher, celebrado anualmente em 8 de março. No entanto, os lojistas mais antenados sabem que é preciso ir além das ações clichê para atender aos interesses da mulher moderna e, assim, abrir novas oportunidades de mercado.

A diretora de lojistas de shopping da Câmara dos Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF), Adriana Ricci, explica que o comportamento da mulher na sociedade mudou, e o comércio necessita acompanhar essa transformação. “Até o fraldário dos shoppings, que antes ficava dentro do banheiro feminino, agora fica em um local onde os homens também podem entrar para cuidar dos bebês. Quem não se atualiza fica para trás.”

Não é preciso ter grandes quantias de dinheiro para promover um bom marketing empresarial. Ismael Rocha, diretor de extensão acadêmica da ESPM, mostra neste vídeo para empreendedores como você pode fazer a comunicação estratégica do seu negócio sem investir muito. Veja o vídeo aqui.

Fonte: Exame

Muitos donos de grandes ideias acabam desistindo ou adiando seus sonhos por não conseguirem dinheiro suficiente para tirá-los do papel. E o motivo, na maioria das vezes, não é falta de capital disponível, mas de informação sobre como consegui-lo. Existem diversas maneiras de financiar um negócio. Basta saber qual é mais adequada para seus propósitos e o estágio de sua iniciativa. E, claro, aprender a melhor maneira de chegar a cada uma dessas fontes.  

Elencamos abaixo algumas formas de se conseguir investimento para empreender:

 Pela primeira vez na história, a participação das empresas na carteira de crédito do País ficou menor que o das famílias brasileiras.

  A mudança no mix de empréstimos e financiamentos no sistema bancário foi provocada por dois fatores diferentes.

  De um lado, estão as empresas com elevada capacidade ociosa que pararam de buscar crédito no mercado. Do outro, estão as companhias inadimplentes, que precisam se financiar – ou rolar dívidas – e não conseguem aprovação dos bancos.  

O modelo de negocio é a forma em que a empresa cria e captura valor para todos os seus principais públicos de interesse, colhendo vantagens para seus clientes. Pensando estrategicamente, esta é uma preocupação constante para os empreendedores. Mas como saber se a sua empresa precisa investir em um novo modelo- e que transforme a forma de gerar valor?

  Todas os segmentos empresariais podem apresentar um modelo de negócio dominante. Donos de supermercados, por exemplo, seguem a mesma maneira de venda, criando um estilo único que todos os concorrentes respeitam. Podemos dizer que este modelo está próximo da máxima eficiência, ou seja, não há muito o que melhorar. Quais os caminhos para ganhar com esta regra de jogo? Ser o líder deste modelo dominante ou criar um novo modelo que transforme a base de geração de valor.