E se a W3 Sul se transformasse numa grande galeria de arte a céu aberto, como o WymWood Walls em Miami? Se em vez do aspecto de decadência, quem passasse pela avenida mais tradicional de Brasília encontrasse uma grande instalação, com fachadas coloridas e criativas? Na última quinta-feira, 22, a Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF) e a Secretaria de Turismo do Distrito Federal firmaram parceria num projeto que visa trazer de volta o movimento para a primeira “rua do comércio” do Plano Piloto.

A iniciativa, apresentada pela secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, propõe a pintura de grafites nas fachadas das lojas. O primeiro painel será pintado em um prédio do GDF localizado na 507 sul e será custeado pela CDL-DF.

“A CDL-DF acredita no potencial da W3 Sul e por isso vem lutando desde 2015 para a revitalização da região. Os painéis com grafites de artistas locais serão mais um estímulo à circulação de pessoas. Essas iniciativas incentivam os empresários a investir na avenida e isso cria mais empregos e renda”, explica o presidente da entidade, Wagner Silveira Jr.

A Secretária conta que o projeto tem como intuito a requalificação urbana da avenida. “O objetivo é colocar Brasília no lugar que é dela, resgatar o amor pela cidade”, conta.

O projeto foi assunto no Jornal DF1 da Rede Globo e na coluna Capital S/A do Correio Braziliense na versão impressa e online.