Os varejistas que buscam conquistar a carteira e a fidelidade à marca da próxima geração de consumidores – a Geração Z – precisarão intensificar seu foco em novas formas de engajamento. De acordo com a nova pesquisa da Accenture, este grupo está à procura de ferramentas digitais avançadas, tais como a capacidade de comprar diretamente por meio de plataformas sociais visuais, incluindo YouTube, Facebook, Instagram e Snapchat.


As mídias sociais estão se tornando um importante canal de compras diretas para a Geração Z, com 69% interessados em comprar diretamente via mídia social.  Além disso, 44% citam as mídias sociais como uma fonte popular de inspiração de produtos e 37% aumentaram o uso de mídias sociais para a tomada de decisões de compra no último ano.

Faça o teste: no próximo dia em que for trabalhar, repare em quantas vezes você será interrompido por alguém enquanto está concentrado em alguma tarefa. Em alguns casos, o número passa das centenas. Por que isso é um problema?

 

Professora da University of California de Irvine, Gloria Mark é especialista quando se trata dos efeitos de distrações e interrupções no escritório. Suas pesquisas começaram a chamar atenção em 2006, mesmo antes da popularização de smartphones, graças a uma descoberta surpreendente: a jornada de trabalho tem mais a ver com minutos do que com horas.

BRASÍLIA, 3 Mai (Reuters) - O vice-presidente do Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), ofereceu à oposição um acordo em que a reforma trabalhista passaria por mais uma comissão, além das duas para as quais já está prevista, afirmou nesta quarta-feira (3) o líder da Rede na Casa, Randolfe Rodrigues (AP).


Segundo ele, Cunha Lima, que tem exercido o comando do Senado na ausência do presidente, Eunício Oliveira (PMDB-CE), teria oferecido o acordo em que a proposta passaria por três comissões da Casa --a de Assuntos Sociais (CAS), a de Assuntos Econômicos (CAE) e a de Constituição e Justiça (CCJ).

O vice-presidente do Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), afirmou nesta terça-feira (2) que encaminhou a proposta de reforma trabalhista do governo Michel Temer para as comissões de Assuntos Sociais (CAS) e de Assuntos Econômicos (CAE) da Casa.


Com isso, a proposta terá de tramitar nos dois colegiados antes de seguir ao plenário principal do Senado.


Aprovada pela Câmara na semana passada, com 296 votos favoráveis e 177 contrários, a reforma trabalhista precisa ser votada agora pelos senadores.

 O Índice de Confiança do Comércio (Icom) do Brasil manteve em abril a tendência de melhora e chegou ao maior nível em dois anos e meio, com avaliações mais positivas sobre o momento atual .

 

A Fundação Getulio Vargas (FGV) informou nesta quinta-feira que o Icom subiu 3,5 pontos em abril, a 89,1 pontos, quinta melhora seguida e o melhor resultado desde outubro de 2014.