Os pós-consumidores querem muito mais do que experiências, anseiam por transformações, segundo Joe Pine, cofundador da Strategic Horizons LLP. “Os pós-consumidores são o produto e, ao mesmo tempo, são diversos mercados”, diz o especialista, durante o Conarec 2018. Isso acontece, pois suas necessidades são diferentes em contextos distintos. Por exemplo, quando Pine viaja a trabalho prefere ficar em um hotel com determinadas características, por sua vez, se a viagem é a lazer com a família (com esposa e duas crianças) a acomodação tem que contar com outros itens. “Por isso, as empresas precisam oferecer o produto certo, na hora certa e no preço certo, em vez de empurrar um produto padronizado por meio do marketing. O ideal são as companhias obterem informações sobre o que os pós-consumidores querem e assim poderem fazer ‘customering'”, afirma, usando um neologismo que une as palavras, em inglês, consumidor e marketing. “Customizar a experiência é oferecer a experiência exata de acordo com a necessidade ou o anseio do consumidor. A tarefa das empresas é ajudar as pessoas alcançarem essa transformação: de sedentário a malhado, de fumante a não-fumante. Isso aumenta o valor para as pessoas.”

Com a proximidade das eleições, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do Distrito Federal está realizando uma série de encontros com candidatos pelo DF. O objetivo é apresentar as principais reivindicações do varejo local para os próximos anos e mostrar como os próximos mandatos podem contribuir com o desenvolvimento da unidade da federação.

 A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Jovem do Distrito Federal promove a 20.ª edição da Feijoada Sorriso Aberto, que vai ocorrer no dia 30 de setembro, domingo, no Dúnia City Hall (Lago Sul). Como nos anos anteriores, todo o lucro do evento será revertido para projetos sociais e, desta vez, as beneficiadas serão as crianças atendidas pela Oasis – Creche Bem-Me-Quer, de São Sebastião.

Sebrae-SP oferece mais de 100 cursos gratuitos em videoaula voltados para o empreendedorismo. Os cursos de educação à distância (EAD), que têm duração média de três horas cada um, são estruturados a partir de uma série de necessidades identificadas entre os empreendedores. O material auxilia não apenas quem já tem uma empresa aberta como também quem pretende abrir.

Para empresas de qualquer segmento, ter uma presença online forte tornou-se um fator imprescindível para atingir excelentes resultados em vendas. Mesmo que o seu produto só esteja disponível para compra em lojas físicas, a internet pode atuar como um catalisador de bons negócios.