É a primeira alta após quatro anos de retração no volume de vendas, reflexo da retomada tímida da economia brasileira

Após quatro anos consecutivos de queda nas vendas a prazo na semana do Dia das Mães, o comércio volta a comemorar. Os sinais de retomada da economia e da oferta de crédito – mesmo que ainda tímidos – estimularam o brasileiro às compras este ano. De acordo com o indicador calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o volume de vendas parceladas na semana anterior ao último domingo (entre 6 e 12 de maio) cresceu 2,86% em relação ao mesmo período do ano passado.

Entre os que projetam crescimento nas vendas da própria empresa, a expectativa é de aumento de 27% no faturamento. Cerca de 20% já se preparam para atender a alta da demanda e apostam, principalmente, em promoções para atrair clientes

Na última quarta-feira (16), a Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF) realizou uma Assembleia Geral Ordinária para apresentar as contas referentes ao ano de 2017.  A convocação dos sócios efetivos foi feita de acordo com os termos do art. 26 e seguintes do Estatuto Social da entidade.

Em homenagem ao Dia das Mães, celebrado neste domingo (13), a Fundação da Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF) firmou parceria com o Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB). Mensalmente, a entidade vai doar kits de higiene para as mulheres que têm filhos internados na UTI da instituição. A primeira doação será feita nesta sexta-feira (11), às 10 h.

Após meses de idas e vindas no Congresso, o texto-base do projeto do novo cadastro positivo foi aprovado nesta quarta-feira, 9, pelo plenário da Câmara, por 273 a 150 votos. Houve uma abstenção. A Câmara ainda precisará votar destaques ao texto-base aprovado, antes de a proposta voltar ao Senado.