No dia 26 de fevereiro, o presidente da Frente Parlamentar Mista do Comércio, Serviços e Empreendedorismo (CSE), deputado Efraim Filho (DEM/PB), recebeu deputados, senadores e representantes da Unecs para um café da manhã que marcou o início dos trabalhos do grupo na 56ª Legislatura. “O trabalho da Frente é muito importante para todos os parlamentares porque traz uma bandeira que é fundamental para o desenvolvimento do país. As entidades aqui presentes estão em todo o país, têm muita capilaridade, e podem divulgar nosso trabalho em todas as regiões”, acredita Efraim Filho.

Chegar ao fim do mês com sobra de dinheiro ainda é algo para poucos. Nem mesmo o início de um novo ano, período em que muita gente se compromete a mudar velhos hábitos, foi capaz de encorajar o brasileiro a pensar no futuro. Dados apurados pelo Indicador de Reserva Financeira, da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), revelam que somente 19% dos consumidores conseguiram terminar o mês de janeiro guardando alguma quantia de dinheiro. A maioria (75%) encerrou o período sem fazer qualquer tipo de reserva financeira, enquanto 6% não souberam ou preferiram não responder.

Aplicativos e sites de vendas se proliferam na internet. Cerca de 1.500 novas lojas virtuais são criadas diariamente. As informações são de levantamento realizado pela ENVIOU, empresa reconhecida por reunir uma suíte de ferramentas que ajuda os e-commerces a vender mais.

Com a retomada da economia a passos lentos, o cenário de recuperação de crédito entre os consumidores começa a dar sinais de melhora. Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito ao Crédito (SPC Brasil) mostra que cresceu 11,5% o volume de brasileiros inadimplentes que regularizaram suas pendências e, que por isso, sairam do cadastro de devedores. Os dados do Indicador de Recuperação de Crédito são de janeiro de 2019 e dizem respeito ao acumulado em 12 meses. Em janeiro de 2018, houve uma queda de -0,7% na quantidade de consumidores que pagaram dívidas em atraso, resultado negativo que se repetiu em igual período de 2017 (- 2,2%) e de 2016 (-2,5%). A última vez que o dado ficou no azul foi em janeiro de 2015, cuja alta fora de 6,2%, também no acumulado em 12 meses.

A América Latina reúne mais de 650 milhões de consumidores em 33 países, com destaque para o Brasil e suas população de 210 milhões de habitantes. Nosso mercado recebe a maior parte dos investimentos e gera a maior parte das vendas no varejo da região. Mas chama a atenção a força inovadora do segmento em países como Chile, Argentina e México. Isso porque os líderes do varejo na região enfrentam desafios inusitados como a limitada penetração dos cartões de crédito e complexas estruturas tarifárias, aliadas a deficiências gritantes em infraestrutura. O Shoptalk quis mostrar que apesar das dificuldades, a região é hoje um dos mercados mais promissores do mundo. Um painel reunindo o Chief Digital Officer da Falabella do Chile – Tomás Gazmouri, o Diretor Global de e-commerce das Tiendas Elektro do México, Juan Carlos Garcia e Michele Lima, a fundadora da BlueBird, marca de calçados fashion do Brasil falaram sobre a grande aventura que é criar e manter um negócio de varejo vencedor na América Latina. Mediando os executivos, Lilly Varon, Analista da Forrester.