As vendas no e-commerce foram de R$ 2,6 bilhões na Black Friday 2018, alta de 23% em relação ao mesmo evento de 2017, aponta a Ebit Nielsen, empresa especializada em informações sobre o comércio eletrônico brasileiro. O número de pedidos cresceu 13%, para 4,27 milhões, enquanto o tíquete médio expandiu 8% para R$ 608.

O otimismo sobre o futuro econômico do país e a queda na insatisfação com a situação atual levaram a confiança do consumidor brasileiro a registrar o melhor nível em quase quatro anos e meio em novembro, divulgou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

Depois de um período em que a confiança do micro e pequeno empresário ficou estagnada, agora o clima voltou a melhorar. Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revelam que, após as eleições, o Índice de Confiança alcançou 61,8 pontos em novembro frente 53,9 pontos em outubro — o que representa um avanço de 15%. Este é o maior valor da série histórica, que teve início em 2015, quando foi registrado 36,6 pontos.

Para muitos, fim de ano também é sinônimo de dinheiro extra entrando na conta e, por isso, alguns se perguntam qual deve ser a prioridade do uso do décimo terceiro salário. Um levantamento realizado em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revela que dois (23%) em cada dez trabalhadores que recebem décimo terceiro salário devem utilizar ao menos parte desse dinheiro extra para comprar presentes de Natal. Na lista dos principais destinos quem encabeça é a intenção de poupar ou investir a quantia recebida, com 27% de menções.

Nos dias 08 e 09 de novembro de 2018 estive no Retail Insights 2018 na GS1 Brasil, evento organizado pelo Instituto Nacional de Varejo (INV) no qual pude participar de um painel com os colegas Robson Munhoz da Neogrid Accera e o Ricardo Vieira do INV. Discutimos especialmente sobre a ruptura, suas causas e soluções possíveis em um cenário imprevisível em termos de demanda do ponto de vista dos canais.