Em 2016, a Páscoa deixou muitos lojistas desapontados com a queda nas vendas dos ovos de chocolate. Mas neste ano, o comércio está otimista e focado em estratégias para atrair o consumidor, além de contar com um cenário mais favorável. 

 

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a páscoa deste ano trará a primeira alta nas vendas desde 2014. A estimativa é que haja um aumento de 1,3% nas vendas de ovos de páscoa (já descontada a inflação) para o mês de abril, na comparação com 2016. Dessa forma, o período deve movimentar R$ 2,1 bilhões no País. Em 2015 e no ano passado, houve queda de 1% e 4,3%, respectivamente.

Na noite da última terça-feira (28), tomou posse o novo presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF), o empresário José Carlos Magalhães Pinto. A solenidade ocorreu no espaço Dúnia City Hall, localizado na QI 15 do Lago Sul. Também foram empossados os presidentes da CDL Jovem DF, Raphael Paganini, e da Fundação CDL, Diógenes Taroni da Silva, além dos diretores e conselheiros da gestão do biênio 2017-2018.

Na última quinta-feira (16), a capital federal recebeu o primeiro evento do Programa Nacional de Desenvolvimento do Varejo (PNDV), cujo objetivo é fortalecer o setor por meio de capacitação e da proposição de políticas públicas. A ação faz parte de convênio firmado entre a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae nacional), e ocorreu na sede da CDL-DF.

Para o presidente da entidade local, José Carlos Magalhães Pinto, o PNDV é uma excelente oportunidade para os varejistas alavancarem os negócios e conhecerem os clientes. “É uma honra sediar o lançamento em Brasília, e o programa ainda vai chegar a mais 11 capitais”, disse. O superintendente do Sebrae DF, Valdir Oliveira, ressaltou que “o modelo de negócios mudou, e mudou para melhor”, graças à tecnologia.

Ter uma equipe treinada e qualificada pode significar grandes ganhos para o comércio. Além de incrementar a produtividade e a rentabilidade, traz diferenciação entre os profissionais, e, consequentemente, nas lojas em que trabalham.

Para o superintendente da Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal, Antônio Xará, com treinamento e capacitação de pessoal, a loja se torna mais atraente para o consumidor, além de estar preparada para todos os perfis de consumidores, para novas tendências e oportunidades de negócios.

Nesta quarta-feira (15) é comemorado o Dia do Consumidor, e várias lojas oferecem promoções e condições especiais de pagamento em homenagem à data. O presidente da CDL-DF, José Carlos Magalhães Pinto, está otimista com as vendas, mas lembra que, em tempos de dificuldade econômica, é preciso consumir com consciência.

A economia apresenta sinais de melhora, e o número de inadimplentes do DF caiu 4,62% em fevereiro deste ano, em relação ao total registrado no mesmo mês do ano passado, enquanto no cenário nacional, a média foi de leve aumento: 0,41%. Com a injeção de cerca de R$ 792 milhões na economia da cidade, oriundos dos saques de contas inativas do FGTS, iniciado na última sexta-feira (10), José Carlos defende a tese de que o primeiro passo deve ser quitar dívidas e negociar juros. “Esse recurso extra será uma boa oportunidade para muitas pessoas limparem seus nomes ou ao menos iniciarem a quitação de dívidas, além de comprarem produtos que fazem parte da lista de desejos de qualquer consumidor”, aponta.