A partir deste sábado (28), a tarifa de transporte público voltará para o valor mais alto no Distrito Federal. Após a decisão do TJDFT favorável ao reajuste, a Secretaria de Modalidade terá até 72 horas para readequar os preços. As linhas circulares passarão de R$ 2,25 para R$ 2,50; os ônibus de ligação curta sobem de R$ 3 para R$ 3,50; e os de longa distância e o metrô, de R$ 4 para R$ 5. Na quarta-feira (25), uma ação popular contrária à decisão dos desembargadores foi ajuizada, mas, caso a medida não seja revertida, diversos setores serão impactados.

Na última segunda-feira (16), começou o racionamento de água em diversas regiões administrativas do Distrito Federal. A medida foi adotada pelo governo para remediar o esvaziamento do Reservatório do Rio Descoberto – que, no início da semana, tinha apenas 19,12% da capacidade. Além de influenciar na rotina dos moradores desses locais, o corte no fornecimento de água tem causado grande impacto para os comerciantes.

Na última terça-feira (2), tomou posse a nova diretoria eleita para a Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL/DF). Liderada pelo presidente, José Carlos Magalhães Pinto, e pelos vice-presidentes, Aldo Ramalho Picanço e Talal Ahmad Ismail Khalil Abu Allan, a diretoria, o conselho fiscal e o conselho consultivo exercerão o mandato para o biênio 2017/2018.