Em 2017, os brasileiros vão trabalhar aproximadamente 153 dias apenas para pagar impostos. Ou seja, na prática, é como se a população só começasse a receber seu salário, de fato, a partir de junho. A estimativa é feita pela Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem (CDL Jovem) – com base em estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) –, que realiza este ano a 9.ª edição do Dia da Liberdade de Impostos (DLI), data em que, em Brasília, os consumidores poderão comprar gasolina a R$ 2,14 o litro, e um cliente poderá adquirir um carro 0km pelo valor quecustaria se não houvesse impostos embutidos.

A campanha pretende chamar atenção para a alta carga tributária brasileira, equivalente à de países desenvolvidos, com a diferença de aqui o retorno em serviços públicos, como saúde, educação e segurança, é muito baixo. “Mais de 40% dos rendimentos são destinados a impostos, e, em nossa opinião, esse porcentual não é razoável, especialmente porque prejudica o poder de compra dos cidadãos”, defende o coordenador da campanha DLI nacional e presidente da CDL Jovem DF, Raphael Paganini.

Com patrocínio da Champion Peugeot, será disponibilizado um Peugeot 208 Active por R$ 37.319,38 para compra. O preço original do carro é de R$ 52.290 – ou seja, o desconto referente aos tributos é de R$ 14.970,62, aproximadamente 28% do valor. “Os impostos não deixarão de ser pagos, mas esse custo será bancado pelos empresários, e não repassado ao consumidor”, explica Paganini. “Não se trata de promoção, mas de uma ação para conscientizar.”

Além do carro, também faz parte das ações do dia 1.º de junho, próxima quinta-feira, a venda de gasolina sem impostos. Três postos da rede Jarjour vão participar: as unidades ficam na Asa Norte, na Asa Sul e em Taguatinga. Os clientes poderão abastecer até 20 litros por veículo a partir das 6h30. Serão vendidos 45 mil litros de gasolina – o maior volume da campanha até hoje – pelo preço que seria cobrado caso não incidissem tributos distritais e federais. Ou seja, de aproximadamente R$ 3,35, valor cobrado atualmente com a tributação, o litro baixará para R$ 2,14, uma redução quase 40%.

A novidade deste ano é a adesão da unidade de Taguatinga do posto Jarjour à campanha. Em 2016, foram vendidos 30 mil litros de combustível sem impostos nos dois postos do Plano Piloto. “Queremos atingir e beneficiar cada vez mais pessoas de diferentes regiões administrativas do DF, e estamos abertos a novas parcerias para os próximos anos”, afirma o presidente.

Para ter a chance de comprar o Peugeot 208, os consumidores deverão estar presentes em um dos postos participantes, acompanhando, em um painel, o impostômetro – medidor estatístico dos impostos pagos no Brasil em tempo real. Assim que acabar o estoque de gasolina sem impostos, e o último carro for abastecido, o impostômetro será pausado, e o cliente que tiver dado o palpite mais próximo do placar final poderá comprar o veículo pelo preço sem impostos. O regulamento da campanha estará disponível em breve na página da CDL Jovem DF no facebook: www.facebook.com/CDLDF.Jovem.

Paganini ressalta que a CDL Jovem, por meio do DLI, defende a simplificação tributária no Brasil. “Apoiamos projetos de lei com esse propósito, para que o consumidor saiba quanto paga de impostos em cada produto que compra, com mais transparência”, afirma. Para a entidade, um imposto único – ou medida similar – tornaria o cálculo mais fácil e, consequentemente, os cidadãos teriam recursos para exigir a diminuição da carga. “Assim, todos ganham: o País fica mais interessante para as empresas operarem aqui, o que leva ao aumento da concorrência, que, por sua vez, aumenta a oferta de empregos e o consumo”, esclarece.